Shopping Cart
Your Cart is Empty
Quantity:
Subtotal
Taxes
Shipping
Total
There was an error with PayPalClick here to try again
CelebrateThank you for your business!You should be receiving an order confirmation from Paypal shortly.Exit Shopping Cart

The White King usa

INSTAGRAM

You owe me nothing but I owe you everything, in your hands I owe so much, enough that I will never be able to repay you, thanks Chadi Tannoury, MD may God always illuminate these wonderful hands so that you can successfully rectify other people in the same way and efficacy that you brilliantly did on my cervical spine, thank you Paulo Almeida

#bestintheworld

I have a dream

"if I make your children smile I will smile too"

When an employer doesn't sign his worker's compensation, he can only go to jail, 

denying a worker the most elementary right is like sticking a knife in his heart.


 I'm talking about the right to health, the right to be treated with respect , 

dignity and love, when an employer denies this right, the only justice is jail with him.

Civil and labor rights movement My name is fair play

I don't want revenge or bloodshed, 

I'm just looking for Justice, respect, dignity and love.

Say no to Violence - Say no to Racism

Time Square, New York City - October 22/2022

the last speech in Providence State of (RI) November 14/2021

Philadelphia, Pennsylvania / Coming soon

Washington DC / Coming soon

Baltimoro / Coming soon

Newark, New Jersey / Coming soon

Atlantic City / Coming soon

This site uses Google reCAPTCHA technology to fight spam. Your use of reCAPTCHA is subject to Google's Privacy Policy and Terms of Service.

Thank you!

Carta aberta a Wjfd

Fica feio permitir aos ouvintes que obtém linha insultarem as mães dos outros, mas também é deselegante quando um locutor em directo ameaça os ouvintes que tentam ligar para participar num programa que ao que parece é linha aberta.


Existem rádios 📻 que estagnaram no tempo, nós ouvintes e comunidade merecemos mais e melhor como receptores, já fui mal tratado na rádio e não fiz nada e perdoei, até já apertei a mão dessa pessoa depois disso, não guardo ódios até porque o ódio é um fardo muito pesado de carregar, acho no mínimo estranho que tente entrar no programa e só o tenha conseguido fazer uma vez e com um número diferente, há quem necessite de uma reciclagem, nós necessitamos de melhor serviço, os portugueses pagam dos seus impostos para essa rádio, não são só os patrocinadores, eu como contribuinte e ouvinte também pago e peço que melhorem o serviço e que apresentem mais qualidade e que vejam nesta carta aberta a oportunidade de melhorar e não de levantarem processos judiciais a pessoas de bem que apenas exigem igualdade de oportunidades.


Com as novas gerações cada vez mais distantes ao que os podia ligar ao seu País Portugal, é imperioso juntar a qualidade a tudo que se faz sobe pena de se perder no tempo uma cultura, uma língua, um povo e aqui somos todos responsáveis de no tempo não se recuperar o que no tempo se perdeu e não é por um ouvinte criticar as políticas desportivas de um determinado clube ou dirigente que se deva fechar as linhas telefônicas por meses, muito menos quando essas críticas são fundamentadas em processos que estão expostos de forma pública.


O fair play é-me uma palavra muito querida, é uma palavra fácil de se dizer, mas difícil de se executar em muitos casos até de se compreender.


Não devemos pensar pelo facto de possuir bons aparelhos, bom equipamento e alta tecnologia que somos os melhores, muita vez o bom faz-se do quase nada e os maus fazem-se do quase tudo.


Sem patrocinadores é difícil de sobreviver, mas a rádio sem ouvintes é como entrar num cemitério de campas abertas e gritar levantem-se.


Desejo a continuação de êxito e que o êxito esteja de mão dada com a qualidade.


Paulo Almeida